"

Teresina - PI
maio 17, 2024 20:48

Siga-nos

Teresina - PI
maio 17, 2024 20:48

Equatorial traçou plano estratégico para o fim de ano no Litoral Piauiense  

O litoral piauiense tradicionalmente é um dos destinos mais procurados por quem gosta de curtir e celebrar o final de ano. A expectativa é que a região receba mais de 120 mil turistas no período, o que traz por consequência o crescimento da demanda dos serviços, motivo pelo qual a Equatorial Piauí juntamente com a Agespisa, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Empresários do setor hoteleiro e Secretários de Turismo dos municípios de Parnaíba, Cajueiro da Praia, Luís Correia e Ilha Grande, se articularam para que, de forma conjunta, apresentem as ações estratégicas definidas por cada instituição para o período de final de ano no litoral.  

Em reunião realizada entre as instituições no Auditório do Sebrae (Parnaíba), a Equatorial apresentou as ações definidas para o fim de ano. A operação final de ano no litoral tem como objetivo minimizar os impactos causados pelo aumento do número de turistas na região litorânea. A distribuidora preparou um conjunto de ações para reforçar a confiabilidade do sistema e garantir o fornecimento contínuo de energia nas cidades de Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande e Cajueiro da Praia.   

“Nós montamos toda uma estruturação com aumento no número de equipes em quase oito vezes, que estarão distribuídas de acordo com a melhor logística de atendimento, se espalhando ao longo de todo o circuito do litoral. Elas estarão preparadas com caminhões equipados e profissionais bem capacitados para que caso haja alguma ocorrência, o restabelecimento seja no menor tempo possível”, afirma Cosme Cezário, Superintendente da Regional Norte da Equatorial Piauí.

A operação conta ainda com a instalação da Subestação Móvel na Subestação Parnaíba II (beneficiando Parnaíba e Luís Correia) no período de 15 de dezembro a 03 de janeiro. A subestação móvel é um importante reforço para aumentar a confiabilidade do sistema e melhorar a regulação de tensão nos municípios de Parnaíba, Luís Correia e, em caso de emergência, atender as cargas de Cajueiro da Praia.

Somado a isso, a distribuidora intensificou a lavagem das redes para remoção da salinidade. Por semana, estão sendo lavados 141 km de rede de média tensão e cinco subestações. “O sal é um grande condutor de energia, e quando ele se acumula na rede, pode causar curtos e provocar a interrupção do fornecimento. Por esse motivo, desde setembro aumentamos a frequência da lavagem das redes e estamos realizando a atividade semanalmente para evitar qualquer ocorrência desse tipo”, reforçou o superintendente.

O Superintendente de turismo de Parnaíba, Joaquim Vidal, foi o coordenador da reunião e na oportunidade destacou a necessidade de ações para atender a região. “Esse é uma iniciativa que tem o objetivo de reunir todos os prestadores de serviços essenciais para a gente possa minimizar de forma preventiva as demandas que são recorrentes no final do ano por conta do alto volume de turistas que nós recebemos aqui no litoral”, disse.   

A reunião também contou com representante do setor turístico e hoteleiro. O empresário, Carlos Eduardo Marques, afirma que tem notado as melhorias na rede elétrica do litoral. “A gente tem uma percepção muito positiva das melhorias que foram feitas pela Equatorial, inclusive no estreitamento do relacionamento, onde a empresa está sempre buscando conhecer quais são as principais necessidades do setor” conclui.

Investimentos

Em 2022 a Equatorial Piauí investiu R$ 32 milhões de reais em melhorias na rede elétrica dos quatro municípios do litoral do Estado. Em Luís Correia, foram instalados 12 novos transformadores para aumentar a carga de energia e suprir a alta demanda no final de ano, tanto aos clientes residenciais como aos comerciais e industriais.

Também foram investidos recursos na instalação de equipamentos com o objetivo de automatizar o sistema, como bancos reguladores de tensão que evitam oscilações de energia e religadores automáticos que diminuem o tempo de interrupção além de reduzir o impacto para o menor número de clientes possível, caso haja alguma ocorrência. Neste ano, nos quatro munícipios do Litoral do Piauí, também foram realizadas mais 1.500 podas com o intuito de evitar a queda de árvores na rede elétrica.

Picture of Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]