"

Teresina - PI
abril 13, 2024 21:49

Siga-nos

Teresina - PI
abril 13, 2024 21:49

Entenda o esquema criminoso para o roubo de avião no Piauí

Durante a manhã desta quinta-feira (16.03.23), a Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado efetuou 11 prisões em decorrência da Operação Cessna, iniciada após o roubo da aeronave pertencente ao médico e empresário Jacinto Barbosa. Ainda em investigações foram descobertos 4 núcleos de uma organização criminosa nos estados do Piauí, Pernambuco, Maranhão e Mato Grosso.

Em entrevista, o delegado Charles Pessoa, coordenador do DRACO, informou que a partir do roubo, que aconteceu no dia 14 de janeiro, as investigações, que seguiam até o presente momento de forma sigilosa, resultaram na descoberta de uma organização criminosa a nível nacional que atuava em núcleos distribuídos em 4 estados. Além disso, obtiveram a confirmação da participação do filho do piloto de confiança da vítima, como informante das organizações criminosas.

O do Piauí foi responsável por agenciar algumas pessoas, inclusive, para participar do roubo. Dentre essas pessoas, a que teve participação fundamental foi o filho do piloto, importante ressaltar que não identificamos nenhum envolvimento do piloto, mas infelizmente o filho dele e a esposa do filho tem a participação direta. No caso sua função era repassar informações para o grupo criminoso, como era uma pessoa de extrema confiança e convívio da vítima“, esclareceu.

Os bandidos do Maranhão se dividiram em dois núcleos, de acordo com Charles. Um recebeu a aeronave após o roubo e outro foi o braço armado .

No Maranhão um dos núcleos foi responsável por receber a aeronave e também na parte de logística do crime e também na adulteração da identificação da aeronave na região do município de São Luís, já o segundo núcleo, do interior, da região de Bacabau, foram responsáveis por cotar algumas pessoas e foi o braço armado dessa organização. Inclusive são essas as pessoas que ficaram responsáveis pela movimentação financeira, identificamos ai que eles fizeram um investimento que foi frustrado graças ao trabalho da polícia civil de aproximadamente R$ 500 mil para que eles conseguissem executar esta ação criminosa”

Já os núcleos de Mato Grosso e Pernambuco foram responsáveis por receber a avião e alugar carros usados no crime, respectivamente. “E o núcleo do Mato Grosso era responsável por receber a aeronave e fazer com que ela chegasse a Bolívia, mas graças ao trabalho que já vinha sendo feito, monitorando os pontos de combustível a aeronave sofreu uma pane seca e teve que fazer um pouso forçado. O de Pernambuco foi responsável por alugar o veículo que foi utilizado no momento da ação criminosa“, explicou.

O coordenador do DRACO no Piauí informou ainda que o roubo do avião foi encomendado por um traficante internacional e que a aeronave seria utilizada na distribuição de drogas auxiliando o tráfico internacional, a partir de Bolívia.

Vários núcleos que compunham uma organização criminosa, e a gente identificou que a destinação final dessa aeronave seria pra Bolívia. Um traficante internacional encomendou pra que essa aeronave fosse roubada a princípio no estado de Alagoas mas como já explanamos aqui na coletiva eles mudaram para ser em Teresina para que chegasse ao destino e fosse utilizada no tráfico internacional“, comentou.

As ações policiais seguem com apoio das forças de segurança pública do estado e cerca de 17 suspeitos devem ser investigados.

Por Millena Araújo

Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]