"

Teresina - PI
maio 17, 2024 22:00

Siga-nos

Teresina - PI
maio 17, 2024 22:00

Suspeito de matar funcionário ganha liberdade 1 dia após crime em União

Wesley Borges da Silva, 34 anos, está em liberdade concedida pelo Juizado Especial Cível e Criminal, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI). Ele é o principal suspeito de matar o ex-funcionário Wallyson Costa com cerca de 15 tiros dentro do Atacadão Lays, no município de União, situado a 55 quilômetros de Teresina. O crime ocorreu por volta das 11h de ontem (29).

O alvará de soltura concedendo liberdade provisória, assinado pelo juiz de plantão Celso Barros Coelho Filho, foi expedido às 16h36 desta sexta-feira (30.12.22) durante audiência de custódia. Wesley foi colocado em liberdade pouco mais de 24h após ter sido preso em flagrante pelo Batalhão de Polícia Militar da cidade.

Para o benefício da liberdade provisória, o juiz impôs duas medidas cautelares, sendo o “comparecimento bimestral em juízo para informar e justificar atividades; não se ausentar sem autorização da comarca de União”.

Em outro trecho da peça, o magistrado justifica a decisão: “no presente caso, o flagranteado foi preso por suposto crime de Homicídio Qualificado por Motivo Fútil, cuja pena máxima cominada em abstrato é de 30 anos […] No entanto, a prisão não se mostra necessária para garantia da ordem pública ou econômica, nem necessária à preservação da regularidade da instrução processual ou aplicação da lei penal. Isso porque, o custodiado permaneceu no local do fato após o crime, tem residência fixa, é primário e existem indícios de legítima defesa”, diz o documento.

O crime causou alvoroço no município e indignação nas redes sociais. Wallyson teria ido cobrar seus direitos trabalhistas referentes a uma rescisão quando foi surpreendido pelos disparos. O ex-funcionário não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no escritório do antigo chefe. O valor da rescisão estaria estimado em cerca de R$ 10 mil.

Seu corpo foi recolhido para a sede do Instituto Médico Legal (IML). O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Estado, investiga o caso. Wallyson deixa dois filhos.

Por Valciãn Calixto

Grupo Vip
Apoie a equipe RP50 de Jornalismo e ajude este site independente a se manter no ar divulgando a Notícia com Segurança e em 1º mão. Você ajuda com apenas R$ 10 mensal. Assim, você será adicionado em um grupo VIP no WhatsApp com a equipe de jornalistas do portal e receberá informações, fotos e vídeos antes de todo mundo, além de conteúdo que nem sempre é publicado nas redes sociais ou no portal. Mande agora mesmo uma mensagem para 86 9 9556-5907 e participe. Você ainda vai poder acompanhar os bastidores das reportagens e interagir com pessoas de todo o Piauí.

Picture of Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]