"

Teresina - PI
março 2, 2024 04:37

Siga-nos

Teresina - PI
março 2, 2024 04:37

Segurança na UFPI será reforçada com mais policiamento ostensivo

A Universidade Federal do Piauí terá reforço de rondas da Polícia Militar no entorno e vias públicas que cortam o Campus de Teresina e nas proximidades dos campi do interior. A medida é resultado de reunião entre o Reitor Gildásio Guedes e o Secretário de Segurança Pública do Piauí, Chico Lucas, que contou também com as Polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros.

Conforme explicou o Reitor Gildásio, a reunião, solicitada pela UFPI, buscou estabelecer parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, com objetivo de aprimorar a segurança ostensiva da Polícia Militar nos campi, especialmente, com o aumento do fluxo de pessoas externas à Instituição, em Teresina, com a inauguração da nova ponte sobre o Rio Poti.

“O secretário Chico Lucas trouxe para esta reunião todo seu staff, em uma demonstração de que fortalecer a segurança pública em Teresina, especialmente na UFPI, que é cortada por grandes vias públicas, é uma preocupação de todos”, disse o Reitor Gildásio Guedes.

Centro de Ciências Aplicadas à Segurança – Também como resultado da reunião, a UFPI e Governo do Estado irão criar um Centro de Ciências Aplicadas à Segurança Pública para auxiliar na gestão operacional da Segurança, que irá envolver docentes e pesquisadores das áreas sociais e humanas e também das áreas exatas, como computação e gestão de dados. A ideia é que esse grande convênio guarda-chuva também englobe oferta de qualificação em cursos em nível de mestrado e doutorado a policiais militares.

“A gente também pediu o apoio da Universidade Federal na discussão de um Centro de Ciências Aplicadas à Segurança Pública, onde a gente possa ter o apoio de vários cursos, tanto da parte social e de tecnologia, para ajudar a segurança no planejamento de suas ações”, disse o Secretário Chico Lucas. E sobre maior circulação de viaturas no campus, o secretário acrescentou: “Estamos à disposição da Universidade e vamos reforçar o policiamento”.

Ações já tomadas pela Reitoria – Na reunião, o Reitor Gildásio apresentou um resumo de medidas recentemente implantadas para aumentar a segurança no Campus, como a manutenção de 188 profissionais, entre vigilantes efetivos e terceirizados, armados e desarmados, e serviço de motoronda; controle de acesso a vias exclusivamente internas a partir das 22h e nos finais de semana; reforço na iluminação com troca de mais de 1.200 lampadas nos Centros e Setores da Administração Superior; além de serviços de limpeza, poda e recuperação de alambrados dos Centros.

A UFPI também está ampliando a instalação de câmeras de vídeomonitoramento espalhadas pelas unidades administrativas e de ensino no Campus, bem como aumentou a vigilância por meio da descentralização do sistema de vídeomonitoramento, com a liberação do acesso às imagens para as diretorias de Centro e Unidades de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. A Central de Monitoramento, atualmente, analisa dados fornecidos por 155 câmeras, 24 horas por dia, com a gravação das imagens em servidores, e em breve, também, haverá câmeras nas paradas de ônibus.

Também estiveram presentes à reunião o Comandante-geral da PMPI, Coronel PM Scheiwann Lopes, acompanhado dos assessores Major Tajra e Capitão Fernando; o Comandante-geral do Corpo de Bombeiros: José Arimateia Rego de Araújo; acompanhado do Subcomandante do Corporação, Cel. José Veloso; e o Delegado Célio Benício, da Gerência de Policiamento do Interior, representando o Delegado-Geral, Luccy Keiko.

Pela UFPI, também participaram do encontro o Pró-Reitor de Planejamento em exercício, Ricardo Alaggio; o Prefeito Universitário, Alessandro Rhadamek e o Chefe da Coordenadoria de Segurança e Vigilância, Alberto Oliveira; acompanhado do vigilante efetivo, Fernandes de Oliveira.

Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]