"

Teresina - PI
maio 28, 2024 15:59

Siga-nos

Teresina - PI
maio 28, 2024 15:59

PM morto por bandidos salvou vida de criança engasgada com pirulito em 2018 em União

O sargento da Polícia Militar do Piauí André Maia que foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (26), na Avenida dos Ipês, zona sudeste de Teresina, salvou a vida de uma criança que tinha se engasgado na cidade de União em 2018.

O PM era lotado no 16° Batalhão. O garoto, à época, contava três anos de idade, estava engasgado com um pirulito e já sem respirar, quando foi salvo pelas mãos do policial Maia.

No momento da ocorrência, o PM André Maia agiu rapidamente e utilizou a manobra de Heimlich, uma técnica para desengasgar crianças, na qual as mãos sãos usadas para exercer forte pressão no músculo do diafragma que, pela compressão dos pulmões, induz uma tosse artificial, um movimento que expulsa o que estiver obstruindo a respiração.

Durante o atendimento, o policial também orientou a família, que estava desesperada com a situação. “Os pais estavam muito agitados porque a criança já estava com o rosto roxo e pedi para que eles se afastassem e não tentassem empurrar o pirulito, pois poderia piorar. Então, comecei o procedimento. Ele levou alguns minutos para reagir, mas, em seguida, o objeto foi expelido e o mesmo voltou a respirar normalmente. Fico muito feliz em ter ajudado. “É muito importante que todos os policiais e também toda a sociedade tenha conhecimentos básicos sobre primeiros socorros, pois, em casos como esse, a ação de quem está por perto tem que ser rápida e eficiente”, pontuou o militar na ocasião.

Morte do PM

A dinâmica do homicídio não está esclarecida, uma vez que a rua estava deserta e não haviam testemunhas no local. Sabe-se que chovia no momento. O corpo do PM caiu próximo ao canteiro da pista e um pouco atrás estava sua motocicleta, que não foi levada pelo(s) criminoso(s).

A equipe RP50 de Jornalismo esteve presente na cena do latrocínio, apurou que o sargento Maia havia terminado sua participação na Operação Metatron momentos antes e seguia para sua residência após uma noite de trabalho. Ele era lotado no CPM I do Quartel do Comando Geral (QCG) e casado com uma policial militar.

Seis munições não deflagradas foram encontradas pela avenida e a cerca de cinco metros do corpo foi localizada a mola do carregador da arma do PM, o que faz a perícia supor que o policial pode ter tentado saca-la para atirar quando perseguido, entretanto, pode ter sido alvejado pelo(s) criminoso(s) antes de conseguir empunhar a pistola, assim perdeu força, a arma caiu no chão e o carregador se quebrou espalhando os projéteis pela pista. Como se trata de uma possibilidade, a verdadeira dinâmica será esclarecida ao longo das investigações.

Os peritos informaram à reportagem que Maia foi atingido com um disparo na testa, que o levou a óbito imediato. Sua arma também não foi encontrada, apenas o carregador quebrado, ou seja, foi roubada pelo(s) bandido(s), configurando o latrocínio.

O local foi isolado por guarnições do 8º Batalhão de Polícia Militar. A equipe da Polícia Técnico Científica foi acionada para proceder com a perícia. O corpo do policial recolhido para a sede do Instituto Médico Legal (IML). O assassinato será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nenhum suspeito foi preso ou identificado até o fechamento desta publicação.

Por: Fábio Wellington

GRUPO VIP

Apoie a equipe RP50 de Jornalismo e ajude este site independente a se manter no ar divulgando a Notícia com Segurança e em 1º mão. Você ajuda com apenas R$ 10 mensal. Assim, você será adicionado em um grupo VIP no WhatsApp com a equipe de jornalistas do portal e receberá informações, fotos e vídeos antes de todo mundo, além de conteúdo que nem sempre é publicado nas redes sociais ou no portal. Mande agora mesmo uma mensagem para 86 9 9556-5907 e participe. Você ainda vai poder acompanhar os bastidores das reportagens e interagir com pessoas de todo o Piauí.

Picture of Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]