"

Teresina - PI
junho 23, 2024 17:45

Siga-nos

Teresina - PI
junho 23, 2024 17:45

Metrô de Teresina tem policiamento ostensivo para garantir segurança aos usuários

A Polícia Militar do Piauí, em parceria com a Companhia Ferroviária do Estado, segue oferecendo segurança aos usuários do Metrô de Teresina, em todo o seu horário de funcionamento. O convênio, formalizado em 2018 com a chegada do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), trouxe grandes resultados, como a redução de crimes nos vagões, além de atos de vandalismo, muito comuns em anos anteriores.

Atualmente, o Metrô de Teresina conta com o efetivo de 13 policiais, que se dividem em duplas ao longo do dia desde a primeira viagem às 6h40 até o término do serviço, às 19h20. De acordo com o Tenente-Coronel Josinaldo, coordenador do policiamento do metrô, havia o registro frequente de assaltos e arrastões, tanto nos vagões como nas paradas, que foram sendo inibidos ao longo do tempo com a presença dos policiais.

“No início dos VLT’s, houve vários assaltos, arrastões, de maneira que nos fomos procurados e tomamos a providência de colocar policiamento dentro do metrô. Nós tivemos várias dificuldades em autuar aquelas pessoas que estavam cometendo crimes e vandalismo. Hoje nós colocamos tudo em ordem e estamos a disposição da sociedade, de maneira que qualquer cidadão que se sentir ofendido ou achar alguma pessoa suspeita podem pode procurar os policiais que se encontram dentro do metrô para que a gente possa tomar as providências”, destaca o coronel.

A Companhia Metropolitana de Transportes Públicos (CMTP), que opera o sistema desde novembro de 1990, destaca que longo dos mais de 30, foram 8.426 dias de operação, 2,52 milhões de km percorridos, 168,5 mil viagens realizadas, além de 46,3 milhões de passageiros transportados. Atualmente a empresa transporta uma média de 5.400 passageiros/dia, com uma extensão de 13,5 km e 11 estações de passageiros.

José Ruthenio, Coordenador de Operações do metrô, frisa que desde a parceria com a Polícia Militar, não houve mais problemas com vândalos. Para ele, a presença diária dos policiais passa mais segurança para os usuários.

“Quando iniciou a operação do VLT em 2018, a gente formulou a parceria com a Polícia militar do Piauí visando uma segurança melhor dentro dos vagões. E no trem anterior, tinham muitos vândalos. Por conta disso, a gente foi aconselhado a procurar essa parceria com a PM. Desde as primeiras viagens, iniciadas no ano de 2018, com os novos VLT’s, essa parceria foi formulada. A gente tem dois policiais militares nos dois turnos. Por conta dessa parceria, a gente conseguiu eliminar esse problema de vandalismo dentro do VLT. Não tivemos mais problemas desde essa data após o convênio firmado”, reitera.

A bilheteira Maria da Conceição Sousa, que trabalha no metrô de Teresina desde a sua implantação, há mais de 30 anos, pontuou que antes da presença dos policiais, a população que utilizava o transporte diariamente estava à mercê da onda de crimes.

“Eu comecei como zeladora, supervisora e agora sou bilheteira. Melhorou muito aqui, poios antigamente vândalos eram demais. Tinha assalto dentro do metrô, tinha nas paradas e agora com o policiamento dentro, diminuiu muito. Acontece, só que mais distantes da estação. Aqui mesmo na nossa imediação, graças a Deus, melhorou 100%. Só a presença dos policiais já inibi a bandidagem”, completa.

Picture of Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]