"

Teresina - PI
abril 13, 2024 23:15

Siga-nos

Teresina - PI
abril 13, 2024 23:15

Justiça liberta 6 dos 7 presos na Operação Mandarim; veja os nomes

As prisões preventivas de seis dos sete que ainda estavam presos após a “Operação Mandarim”, foram revogados pela Justiça, por volta do meio-dia desta quinta-feira (18).

Os presos eram acusados dos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Saíram do sistema carcerário Vítor Levi Fernandes Soares, Govandi Freire de Sá Filho, Paulo Henrique da Costa Ramos Lustosa (Paulinho Chinês), Ítalo Freire Soares de Sá, André Kauê Dias Viana e Ramon Santiago Matos Nascimento.

O juízo fez a substituição da prisão preventiva pela aplicação de medidas cautelares, onde será necessário o comparecimento mensal em juízo presencialmente até o último dia do mês, não mudar de domicílio sem informar ao juízo e o monitoramento eletrônico, por meio de tornozeleira, devidamente instalada pelo órgão competente da Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

Raimundo Nonato Rodrigues da Conceição, único que não teve a prisão relaxada, apontado como um dos responsáveis pelo transporte de entorpecentes oriundos da Região Sudeste e Centro-Oeste do país para o estado do Piauí. O juiz negou o requerimento de prisão domiciliar, por ainda estar respondendo a outro processo em andamento e a prisão ser medida imprescindível para a tutela da ordem pública e da aplicação penal.

As prisões preventivas de seis dos sete que ainda estavam presos após a “Operação Mandarim”, foram revogados pela Justiça, por volta do meio-dia desta quinta-feira (18).

Os presos eram acusados dos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Saíram do sistema carcerário Vítor Levi Fernandes Soares, Govandi Freire de Sá Filho, Paulo Henrique da Costa Ramos Lustosa (Paulinho Chinês), Ítalo Freire Soares de Sá, André Kauê Dias Viana e Ramon Santiago Matos Nascimento.

O juízo fez a substituição da prisão preventiva pela aplicação de medidas cautelares, onde será necessário o comparecimento mensal em juízo presencialmente até o último dia do mês, não mudar de domicílio sem informar ao juízo e o monitoramento eletrônico, por meio de tornozeleira, devidamente instalada pelo órgão competente da Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

Raimundo Nonato Rodrigues da Conceição, único que não teve a prisão relaxada, apontado como um dos responsáveis pelo transporte de entorpecentes oriundos da Região Sudeste e Centro-Oeste do país para o estado do Piauí. O juíz negou o requerimento de prisão domiciliar, por ainda estar respondendo a outro processo em andamento e a prisão ser medida imprescindível para a tutela da ordem pública e da aplicação penal.

Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]