"

Teresina - PI
maio 17, 2024 21:46

Siga-nos

Teresina - PI
maio 17, 2024 21:46

Escola de Eletricistas forma primeira turma com 23 profissionais através da Equatorial Piauí

A diplomação da primeira turma da Escola de Eletricistas, projeto encabeçado pela Equatorial Piauí em parceria com o Senai, ocorreu nesta tarde de sexta-feira (23.09.22), no prédio da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), em Teresina. Ao todo, 23 novos profissionais, incluindo uma mulher, estão aptos a trabalhar no setor elétrico após quatro meses de capacitação. Além de serem qualificados para atuar em toda a rede de distribuição elétrica, os formandos também foram conscientizados quanto ao consumo consciente e a segurança com o uso da eletricidade.

A equipe RP50 de Jornalismo participou da solenidade e pôde conferir de perto a sensação de vitória dos alunos com a conquista do certificado de eletricistas. “O que melhor define esse momento é felicidade e gratidão demais. O que a gente espera agora é entrar no mercado de trabalho, fazer o melhor possível com segurança e excelência na disponibilidade da energia”, disse Carliane Aragão, a primeira eletricista formada pelo projeto. Ela aproveitou a oportunidade para deixar um recado às mulheres que pretendem ingressar no setor. “Façam o curso, hoje pode ser uma área dominada pelo homem, mas façam, é difícil, mas não impossível e vale muito a pena”, falou.

O professor Ramon Marques foi homenageado pelos alunos, tendo a turma sido batizada com seu nome. “Nosso sentimento é de dever cumprido, eu tenho neles [alunos] um retrato meu de 15 anos atrás quando também comecei como menor aprendiz na época e hoje, inverter esse papel, formando novos profissionais é muito gratificante. Com o curso, eles saíram aptos a trabalhar em toda rede de distribuição, desde serviços comerciais, postes, ligação nova, inspeção e serviços de manutenção, teste de transformadores, emenda de cabos, são profissionais multifuncionais que estão aptos a trabalhar em qualquer área do setor elétrica na parte de distribuição de energia”, explicou.

Gabriel César, formado na primeira turma, comentou sobre tudo que pôde aprender durante o curso. “É
um sentimento de vitória, muita coisa foi vista em campo, na prática, foi possível que a gente aprendesse muita coisa nova, o professor passou muita coisa boa pra gente em relação à segurança, ao trabalho, foi tudo muito bem elaborado e a gente só tem a agradecer”, falou.

Incentivando ainda mais os novos eletricistas, o gerente Corporativo do Projeto Gestão e Segurança da Equatorial Piauí, Leonardo Eustáquio, contou sua história como exemplo aos profissionais. “Há quatro meses atrás estávamos lançando essa turma que está se formando hoje. Há 15 dias atrás nós lançamos uma segunda turma e o sentimento é de muita satisfação porque estamos colocando no mercado 23 novos profissionais formados por uma instituição do Senai, que é conhecida de forma nacional, e esses
profissionais vão galgar os degraus necessários para atingir a situação de um dia poder chegar a um líder, a um gerente, até porque eu também comecei como eletricista em 1.982 e estou como gerente, então é muito emocionante a gente ver isso”, finalizou.

O PROJETO

A Escola de Eletricistas tem realização do E+ Profissional, projeto do Programa de Eficiência Energética do Grupo Equatorial Energia e regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Além de representar uma oportunidade de qualificação profissional, todos os alunos receberam ajuda de custo durante o período da capacitação. A carga horária do curso é de 40h semanais, assim totalizando 480h
do curso profissionalizante e 112h de curso comportamental.    

Por Valciãn Calixto

Picture of Portal RP50

Portal RP50

Roubados e Perdidos

[wpdreams_ajaxsearchlite]